2

Sobre sementes e terras





Ontem escrevi sonhos,
plantei...cada semente em uma terra fértil
pelo menos foi isso que o vendedor me disse,
que cada semente ganharia uma grande terra,fértil e especial,única!


Mas ao longo dos dias,dos meses,dos anos...
Eu não entendia porque muitas delas não cresciam,
ou porque não davam frutos.
Não conseguia entender o que acontecia


Me deparei com dúvidas,com medo e com a falta do que fazer
as idéias surgiam,mas nenhuma delas dava resultado
e a sensação de errar tomou conta de mim
e durante muito tempo carreguei a certeza de que estava errando sem saber o porquê.


Até que, de repente,percebi que não era em mim,mas na terra
naquela terra que me iludiram,que me enganaram,me fizeram acreditar que era fértil.
Que com ela sairiam grandes frutos,grandes raízes e árvores maravilhosas.
Me fizeram acreditar que a terra era boa.


E embora ouvesse um esforço contínuo dentro de mim
somente arrancando semente por semente daquela terra eu conseguiria o que tanto sonhei
E foi assim,arrancado semente por semente,abrindo buracos com as mãos,fazendo um trabalho árduo,porém o mais sensato.
Foi assim,que encontrei novas terras e finalmente,fiz com que as sementes se tornassem grandes árvores,desse bons frutos e seguissem seus caminhos.


(Raquel Schuindt)
0

Invertida



Troco a impaciência de muitos,pelo sorriso de poucos
troco a alegria disfarçada,pela tristeza de um amigo,declarada...
Prefiro sorrir quando for verdade,do que me iludir com alguém que chora de mentira
Prefiro um andar solitário,do que companhias 'desacompanhadas'

Troco burburinhos vazios, pelo silêncio mais cheio
Troco o calor que queima,pelo frio que aquece
Só quem viveu um frio que aquece saberá compreender
Saberá sua real importância.

Troco um aroma especial, por um odor insuportável
desde que em troca,eu entenda realmente que nesse odor existem valores!
Não me importo com rótulos,mas com pessoas
e essas não precisam estar felizes e cheirosas todos os dias.

Porque no mundo real isso não acontece!
E quem vive onde eu estou,quase não percebe...
Não dá pra engolir o insuportável,o inviável
e por ai continuamos,vida que segue...um tanto invertida!

(Raquel Schuindt)
0

Não sou não

Gosto de fechar os olhos e enxergar com o coração
de falar conforme as batidas dele e a minha pulsação.
Preciso ser intensa,vivida e entendida!
Sim,eu preciso que me entendam,quero ser compreendida!


Quando disser sim,pode até ser não
mas isso você terá que decifrar
Tem que entender que minhas respostas não são mentiras,
e que há verdade em cada frase,mas essas costumam se manter escondidas


Todo céu ensolarado esconde uma lua
é só reparar com atenção.
E se o mais belo cenário tem suas artimanhas
Quem dirá que eu não posso não?


A minha verdade está no olhar
ele entrega tudo o que eu sinto.
E por mais que eu tente segurar
eu não sou de seguir por ai fingindo.


(Raquel Schuindt)
0

O Mar





Remar contra a maré
Acreditar que no fundo, dá pé!
E por mais estranho que o mar pareça estar,
em algum momento ele vai se acalmar.


E novamente será possível enxergar os peixes lá no fundo,
do topo será possível ver o que o mar esconde de tão belo.
As águas rançosas voltarão a ser cristalinas
e calmas,bem tranquilas...


E todo aquele mistério e medo de enfrentar o mar
será levado em meio as ondas carregadas...
Carregadas de receios,inseguranças,temores...
e tudo acabará quando ela se estourar por completo na areia.


Dali em diante não mais existirá segredos,
nem medos,receios e temores...
Será apenas a beleza do mar e de tudo que nele se encontra
será somente o bom e velho amigo mar...


(Raquel Schuindt)



0

Luiza


Estréia Luiza,que esse mundo é seu...
esse mundo precisa de amor,precisa da doçura que você tem
em meio a tanta tragédia e tudo mais,
Nada melhor do que encontrar você,para nos trazer um pouco de paz


Luiza,a lutadora!Com a garra da mãe,com a responsabilidade do pai
Doce Luiza,a menina dos olhos,a princesa aguardada...a mais amada!
Venha Luiza,ensine esse povo como é o teu amor
plante em cada coração essa paz que só você traz...


Doce Luiza,linda,bela,meiga,uma princesa de verdade!
Que embala a todos com sua meiguice,
que conquista a atenção de todos em um segundo,basta abrir esses lábios tão inocentes,
basta embalar a melodia dos bebês em nossos ouvidos...e pronto!Estamos todos a seus pés!


Luiza amada,doce Luiza,não existe outro adjetivo em minha mente  a não ser doçura!
Que você nos ensine o seu amor,Luiza,a lindinha da mamãe,princesinha do papai...
Nos fascina com seus olhos,com a delicadeza das suas mãozinhas...
Doce Luiza,um sonho que se realizou...venha Luiza,venha embalar-nos de amor!


(Raquel Schuindt)

0

O dia



Canta menina,embala a canção da vida
Sonha,espera...um dia o sol há de chegar!
Dorme menina,enquanto o sol não vem,descansa...
espera,sem pressa,o dia em breve nascerá...


Enquanto não há dia,estude as cores,
descubra quais são os melhores aromas,
as melhores melodias...
Inove nas suas canções!


Pois quando vier o dia,
você estará pronta pra enfrentá-lo
estará carregada de experiências conquistadas durante a noite
então nada melhor que aproveitar toda a façanha de um anoitecer


Aquiete-se menina,acalma esse coração!
Sossega!Não duvide do amanhecer,ele vai chegar...
Tão doce como seus sonhos,
Tão inesperado como suas sensações...mas ele há de chegar!


(Raquel Schuindt)



0

Uma visão distorcida


Eu queria dizer a metade do que eu sinto,
queria demonstrar da forma e da intensidade que você consegue,
queria ter a coragem de olhar nos seus olhos e falar de sentimento,
do bem que você me faz e do quanto preciso de você!
De como o seu sorriso me ilumina,
do quanto eu curto o seu modo de falar,
de como eu gosto dos apelidos carinhoso que me dá
e de como é bom poder cuidar de você e te proteger!
Queria encontrar o momento certo e usar as palavras certas...
Pra deixar você feliz ao invés de só alimentar expectativas no seu coração,
pra te deixar tranquila e segura!
Queria trazer a paz que você traz num abraço,
a energia incrível que você passa com seu sorriso,
queria mesmo sem saber mostrar tudo e ainda mais!
Mais do que ensinar o modo certo de pegar na sua mão,
ou decorar os traços do seu rosto quando faço carinho,
quero poder admirá-la todos os dias,com esse sorriso só seu,
pois foi ele que me conquistou,que me chamou a atenção pra você!
Quero enxugar suas lágrimas e participar dos seus sorriso,
quero aprender ao seu lado,quero te ouvir quando preciso,
quero ser muito mais o motivo da sua alegria do que tristezas,
quero poder querer sempre mais ao seu lado!
Pois isso é o que me basta,isso é o ínicio de todo o meu querer...

(Raquel Schuindt)

0

Suficiente


Amo porque prefiro sentir o amor,
prefiro abrir meus olhos e conseguir enxergar.
Ter a certeza do que me acontece
e viver de forma que consiga sorrir.


Escolho antes para não sofrer depois
e o que parece desdém,na verdade é cautela
Se você abrir o pergaminho entenderá a história
e entenderá muitos porquês,exclamações e interrogações...


Penso a ponto de desistir de pôr em prática
é que em meio aos pensamentos,crio minhocas!
E elas se multiplicam!Mesmo eu não querendo...
e não,eu não me orgulho disso.


Oscilo o meu humor como uma montanha-russa
e é totalmente inexplicável esse comportamento.
Porém torna-se aceitável pelos que me cercam
e isso para mim,acaba sendo o suficiente...


(Raquel Schuindt)

O MONÓLOGO APOIA ESSA CAUSA!


Hoje o MONÓLOGO veio falar de uma causa nobre!A amamentação,todas as mães tem o direito de amamentar seus pequenos seja aonde for!!
Acompanhe o manifesto de Lia Miranda:

Manifesto pelo direito das mães de não serem separadas de seus filhos logo após o seu nascimento e de permanecerem com eles o tempo todo pelo menos durante a primeira hora após o parto. Um recém-nascido não deve ser afastado de sua mãe, a não ser em períodos muito breves, em caso de extrema necessidade, e não deve ser deixado em berçários.
Manifesto pelo repúdio à alimentação artificial em maternidades, sem indicação clínica, quando a criança está apta a mamar e a mãe, disponível para amamentar. Água glicosada ou qualquer outro recurso que prejudique o reflexo de sucção do bebê são inaceitáveis.
Manifesto pelo direito das mães com dificuldades para amamentar de receberem apoio e orientação adequados por parte dos profissionais de saúde e da família. Mães com dificuldades de amamentação precisam de encorajamento e solidariedade.
Manifesto pelo direito das mães de amamentarem em livre demanda, sem serem desencorajadas por profissionais de saúde ou parentes sob o argumento de que os bebês têm de ter hora para mamar. Os bebês têm direito ao seio sempre que necessitarem, de dia ou de noite.
Manifesto pelo direito das lactantes de não serem pressionadas por parentes, profissionais de saúde, amigos ou conhecidos a oferecerem mamadeiras e chupetas. As mães são as principais responsáveis pelos cuidados com os seus filhos e devem ter o direito de alimentá-los de forma natural e instintiva.
Manifesto pela urgência de os pediatras serem profissionais e éticos ao interpretarem as curvas de crescimento, sem indicar alimentação complementar precoce a um bebê saudável simplesmente porque ele não se encaixa no padrão médio. Cabe aos médicos avaliarem se alterações nos padrões de engorda ou de crescimento são patológicos ou fisiológicos.
Manifesto pelo direito de uma mãe de manter o aleitamento exclusivo durante os seis primeiros meses de vida de seu bebê, sem ser assediada por parentes, profissionais de saúde, amigos ou conhecidos para que ofereça outros alimentos sem necessidade.
Manifesto pelo direito das mães que trabalham fora de casa de terem em seu ambiente de trabalho um local adequado, com higiene e condições de armazenamento do leite, para fazer a ordenha, seja para alívio das mamas, para a estocagem de leite a ser oferecido a seu filho na sua ausência ou para doação aos bancos de leite. As empresas devem oferecer condições para que suas funcionárias mantenham o aleitamento após seu retorno ao trabalho, seja flexibilizando seus horários, mantendo creches em seus recintos, instalando salas de ordenha ou permitindo que a criança seja trazida à mãe para receber o seio.
Manifesto pelo direito de toda mulher que trabalha fora de casa a gozar de uma licença maternidade de seis meses. Seu retorno ao trabalho também deveria ser facilitado, com possibilidade de redução de jornada com o recebimento proporcional do pagamento ou flexibilização de horários.
Manifesto pelo direito dos bebês de serem amamentados enquanto necessitarem, mesmo que esse tempo supere o período considerado aceitável pela nossa sociedade.
Manifesto pelo direito de as mães amamentarem seus filhos em público, quando necessário, sem serem condenadas por pudores hipócritas.
Manifesto pelo direito de as mães amamentarem durante a gestação, ou amamentarem mais de uma criança simultaneamente, sem serem ameaçadas com dados inverídicos acerca de efeitos nocivos para a criança que mama ou para o feto.
Manifesto pelo direito de as mães amamentarem livremente, e de os bebês mamarem livremente, sem serem alvo de preconceito ou ignorância.
0

Então,é assim...





Sabe quando você vive a procura de algo e não encontra?
Quando revira todos os lugares,age de todas as formas e nada?
E mesmo assim algo dentro de você grita para não desistir?
Mas você por si só abriria mão de tudo e até de todos?


Quando você olha para o alto,mas na verdade procura ar puro?
Quando todos falam ao seu redor,mas ao mesmo tempo você não ouve nada?
Sabe quanto tudo fica silencioso demais e você quer gritar?
Pra ver se alguém acorda,repara,se situa no que acontece?


Sabe quando você escuta "ah,isso é normal",mas pra você não tem nada de normal ali?
E mesmo assim você engole suas palavras,seus pensamentos por se cansar de tentar?
Sabe quando você tenta muito e nada dá certo?
E além de nada dar certo,ninguém enxerga o quanto você tentou?


Sabe quando você sente uma indignação e não se conforma com certas coisas?
Como se fosse meio injusto ou incorreto,o modo de pensar alheio...
Sabe quando tudo o que você queria era dormir pra sempre?
Só pra não acordar e ter que lidar com as decepções?


Sabe quando você daria tudo por um abraço,mas só ganha desprezo?
Quando você vai cheia de expectativa falar algo pra alguém e é ignorado?
Será que o outro sabe o quanto isso fere,o quanto machuca mesmo?
Será que o outro sabe o lixo que você se sente quando age assim?


Sabe quando só aquela música,aquela pessoa,aquela comida serve?
Só aquele abraço tem o poder de te desmontar?
Sabe quando você precisa ouvir algo,mas só escuta o silêncio?
Sabe quando você não quer pensar em nada e pensa em tudo?


Então,é assim...


(Raquel Schuindt)



0

Nós


Podem tentar destruir um sonho,
tentar afogar nossos pensamentos,
ou até mesmo encobrir nossas idéias.
Porém ainda assim seremos plural,seremos nós!


Nós juntos podemos ver a força que temos
e que somos capazes de dar uns aos outros
e se somos fortes,corajosos e determinados,
somos nós que faremos toda a diferença!


Pouco importa o que dizem,
não nos interessa saber o que tentam.
O que importa mesmo são as nossas mãos!
Elas nunca estão soltas,são sempre aquecidas por outras.


Outras mãos iguais as nossas,
cheias de calos,mas ao mesmo tempo macias!
Por isso,essa corrente não termina aqui,
pelo contrário,ela se inicia,desperta...


A estrada aponta para uma direção
e seguiremos nós,de mãos dadas!
Sendo nós,não sentiremos frio,sede,fome...
Sendo nós seremos assim...unidos!


(Raquel Schuindt)
0

O óbvio





Eu não quero ter que pedir,
não quero repetir sempre as mesmas palavras,
muito menos permanecer com atitudes iguais.
Eu busco o novo e o óbvio!


O óbvio que ecoa dentro dos meus olhos
que sussurra pacientemente bons conselhos em seus ouvidos,
mas que muitas vezes,passa despercebido
e vagueia cabisbaixo por ai...


e torna a ser óbvio dentro de mim
porém o que reflete parece ser o oposto
parece ser exatamente aquilo que não é
e não,não!Preste mais atenção aqui!


Preste mais atenção no que dizem meus olhos
no que eu quero dizer quando oscilo a respiração
Foque no som das minhas gargalhadas
e torne a repetir essa bela melodia


Porque me vale mais cantar sorrindo
do que calar chorando,um choro contido
Busque o óbvio,encontre-o nos detalhes
eles sempre acabam fazendo toda a diferença...


(Raquel Schuindt)

0

A mulher e o travesseiro






Ela sorri,parece feliz
mas quando fica só,ela chora.
Faz questão de ter tudo e diz ter todos,
mas costumeiramente o travesseiro é seu único amante.


Amante esse que vive encharcado de tantas lágrimas,
que guarda fielmente todos os segredos dela
que se pudesse ter o direito de resposta
a faria enxergar a vida ao invés de sufocar seu rosto no travesseiro.


Se pudesse alegrá-la
mostraria como és bela e valorosa,mas prefere não enxergar
se tivesse como alimentá-la com palavras
lembraria a importância que tem para sua família e amigos


E que todo esse tempo em que ela vivera sufocada no travesseiro
ela poderia ter respirado vida,
ela poderia ter sonhado mais e ter tido menos pesadelos,
ela poderia ter encontrado formas de amar e não mais odiar


Ela poderia simplesmente ser o que ela sonhava,
ter vivido tudo aquilo que planejou,
mas que ao viver tamanha decepção
stagnou-se dentro de um travesseiro e de lá não saiu mais.


(Raquel Schuindt)



0

Vômito do coração

A verdade é que dói
e a gente cansa de lutar,de tentar
não quer saber de mais nada...
não quer ouvir as frases de sempre!


A gente quer gritar,
só que agora não é mais para o mundo ouvir,
é pra tirar de dentro de si tudo isso que vai se acumulando...
e desgastando tudo que ainda restava dentro da alma...


Não vale a pena tentar mais,a indiferença é a companhia mais constante
e enquanto lê-se isso e pensa "coitada" a vontade é de mandar pastar,
de mandar sumir,de sair para sempre de perto,até que se perca no horizonte
na teoria a história sempre é linda demais,mas tente ser um dos personagens


(Raquel Schuindt)

0

Mais de novo





Lá vem mais de novo...
Isso combina?Há concordância?
Soa bonito quando entoô?
Mais de novo...


Corriqueiro,acelerado,
de forma estranha,meio desengonçado.
O fato é que eu não quis falar assim!
Mas a frase é literalmente repetitiva.


Assim como o ciclo vivido e as emoções entidas.
Quando penso que concluí uma etapa,surpreendo-me!
Volto a vivê-la dolorosamente,ao meu redor e por dentro de mim...
e lá está tudo mais,de novo!


Mais sonhos,de novo...embora hoje em ordens novas.
Mais medos,de novo...por mais adulta que seja,ele me assombra.
Mais espera,de novo...daquelas que corróem e destróem qualquer ser humano.
Mais paciência,de novo...para tudo aquilo que não há como remediar.


E segue-se desta forma,com algo mais de novo...
e enquanto repito as palavras,repito a história
e aguardo em silêncio,dando em troca um sorriso
esperando algo mais novo,ao invés do "de novo".


(Raquel Schuindt)





0

Confinada



Quanto mais eu penso em voar
mais me tomam nos braços
mais prendem meus pés
e atordoada eu já não entendo por onde andarei

Quanto mais eu grito,menos me escutam
menos me entendem,
menos eu agrado
e por mais que eu tente,já está tudo errado!

Não consigo mais distinguir quem sou eu
nem qual destes é o som da minha voz.
Minha aparência já não é a mesma de sempre,
ela agora é curva,esquisita,bem diferente...

E quem me tornou assim?eu mesma!
A própria que resmunga entre todos!
A mesma que escreve entre vós
e que ainda luta pelo mínimo de evolução...


(Raquel Schuindt)
0

Artificialista



Não admiro a cópia,o forçado
aquilo realizado por livre e espontânea pressão
Não admiro e sequer me orgulho disso
desdenho,faço questão que passe despercebido

Por mim,pelos outros e até mesmo pela vida
acho muito mais digno quando as coisas fluem
sem alguém intervir,sem ter algo a pressionar
quando elas simplesmente acontecem!


Pra que forçar um sorriso?
Pra que fingir ser aquilo que na verdade você não é e nunca foi?
Pra que colocar palavras que não se encaixam com atitudes?
Não...não invente,nem tente aparentar ser aquilo que não cabe a você!


Cada um tem dentro de si o mínimo de integridade e amor próprio
e são características assim que fazem de nós HUMANOS!
então não conte comigo  para uma vida 'artificialista'
Crie e não copie,olhe para si e invista!


(Raquel Schuindt)
 




0

Eu não consigo



Não consigo...
Simplesmente não consigo
e confesso não querer conseguir
evito,fujo e luto dentro de mim

não gosto de negativismo,
não gosto de conflitos e atritos
não gosto do som do 'não'
não gosto de pensar em tudo isso

mas em alguns momentos é preciso
e por mais que eu fuja,que eu me esconda,
ou que eu procure evitar...
eu sei que será necessário enfrentar

e só de pensar em lutar,
em bater de frente e ter que encarar
eu volto a dizer que não dá!
E nesse momento,somente nesse momento,o não torna-se meu aliado.


(Raquel Schuindt)
0

Rebobinando



Mãos entrelaçadas que misturam o que são com o que querem
carinhos,sorrisos,abraços e sintonia
tudo passa a invadir um ao outro
e de repente o que seria bom apenas pra você,perde toda a graça

Porque já não se pensa por si só
pensa-se por dois,reciclam-se os sonhos
agora os planos são unidos a novos sentimentos
e não só de amor,mas de reciprocidade

Daquela vontade de querer o bem com S no final
de acreditar de alguma forma e em algum lugar que tudo isso ainda vale a pena!
Que um sentimento para aparecer independe de domínio próprio
basta ser sentido,basta ser vivido!

E para tudo isso acontecer tem que ser naturalmente
não adianta pressionar o amor,ele se assusta!
e ai tudo pode se perder em segundos
e ai o que era bom,dura pouco

não por conta de um ditado
mas pelo excesso do que lhe foi feito
ao invés de ter sido vivido
e o presente se torna passado...

(Raquel Schuindt)
0

Silêncio






O que eu quero é verdade
olhos nos olhos,sinceridade
é ouvir e ter a certeza que é assim que vai ser
que não serão apenas palavras que irão me convencer


Eu quero e preciso de muito mais!
É lindo ler e ouvir algo que me arranque sorrisos,
mas são as atitudes que vão abrir meus olhos
e fazer com que eu tenha a certeza de que eu posso dar o melhor de mim


Do que me vale ouvir e não viver o que ouço?
Para que eu preciso de palavras se não existem ações?
São as ações que me comovem,que me motivam
são elas que geram sensações e me passam vontade de falar...porque eu sinto!


E olhar para o lado e me deparar com a mesmice dói
porque sei da capacidade de qualquer ser humano
e se não existe o novo é porque não vale a pena
e se não vale a pena agir,não me valerá a pena falar.


(Raquel Schuindt)
0

Medo

 
Tem tantos segredos trancados
que mais parecem charadas internas
Nem eu mesma sei de suas existências
a não ser quando o tema vem à tona


e cada um deles me faz ser...
Se me fazem pior ou melhor,não sei...
mas provocam em mim oscilações perigosas
das quais muitas vezes me arrisco demais


uma espécie de suicídio interno
o martírio constante do que não se sabe,
mas sente-se!E oque sinto são constantes calafrios
que vem e vão,dão arrepio!


Acho eu que isso é medo,
mas apenas acho!
E o porquê eu não imagino
Nunca encontrei explicação que me acalmasse...


(Raquel Schuindt)
0

O quisito

Não dá,simplesmente não dá e aceite!
Não dá pra criar expectativa onde não tem,
querer que respondam o que você queria ouvir
ou que sintam o que você pode sentir

Ninguém...ninguém mesmo é igual por igual,
o que se faz de nós nobres e plebeus
sem forçar,simplesmente sendo como deve ser
e é daí que tudo pode acontecer

Se as suas escolhas agradarão
isso nem você mesmo poderá responder,
mas tentar você pode e arriscar também!
Então tente sempre,não se preocupe com o que irá acontecer

O que não dá é confinar-se dentro de si
na mesmice individual e secreta,
embora exista diferença entre todos,
há porém um quisito chamado respeito!

(Raquel Schuindt)



0

Inacabado

Sempre fica aquela sensação de mais alguma coisa...
alguma coisa a dizer,
alguma coisa a sentir,
alguma coisa a viver


alguma coisa perdida no ar
bem na hora de extrema importância
sabe aquela sensação do inacabado?
do 'espere ai,ainda tem mais...'


Quando você faz o básico
mas sabe que se pudesse...faria diferente,faria melhor!
E conviver com essa idéia martelando pra continuar e continuar...
nem sempre é facil!


E ai pronto...tudo retorna ao começo
chega a ser infame,não?
retornar ao que se começa
começar do retorno inacabado...


(Raquel Schuindt)





0

O celular

Lá estava ele,olhando para mim
como se fosse gente e entendesse o que eu queria
e logicamente,eu trocava olhares com ele
com olhos mais do que abertos,observando-o

Abrindo e fechando sem parar
ansiosa,esperançosa em alguém ligar
mas já era quase meia noite e nada...
nada dele tocar,um silêncio profundo

E eu que nada entendo sobre calmaria e paciência
acabei me irritando ainda mais com ele,
não que eu fizesse questão que ele tocasse sempre
mas hoje...hoje era especial!Era preciso ouví-lo!


e tudo o que eu ouvia era o meu coração acelerado
minha mente ecoando: "vai tocar,vai tocar..."
mas ele,continuava a desdenhar de mim
parado,silencioso e apagado


enquanto isso,encontrei tempo para pensar,
e se ele tocar mesmo?O que faria eu?
De repente,comecei a ter compaixão por ele
que mesmo sem ser gente,pensou em mim


e preferiu ficar em silêncio
para que eu pensasse bem
e entendesse que as coisas...
nem sempre ocorrem como sonhamos


e se hoje ele quis assim,ausentar-se por mim
que seja,sei que embora seu coração seja 1 chip
ele poupou-me do incerto com cautela
e ao desligá-lo,desliguei com ele meu coração.


(Raquel Schuindt)
0

Despedir

Sem se despedir é muito ruim,é terrível
sem calor,sem carinhos,sem sorrisos
assim eu não gosto,assim eu não funciono
movo-me a carinho e a ternura

sejam eles dados a quem for e por quem for também
então guarde ai dentro,na caixinha mais importante do seu coração
não se vá sem se despedir,mas entenda o que eu quero
despedir-se por si só,a toa... é em vão e redundante!

a isso eu não aprecio,pelo contrário,tenho ânsia,náuseas,desprezo
porque se perceber bem...amo afagos e atenção
mas daquelas especiais...egoístas até, eu diria
e quem não aprecia um momento como esse?

Então se despeça de um jeito só meu
indo,mas ficando dentro de mim
seja da forma que for,mas vá e fique
porque quando eu sentir saudades,poderei sentir você por perto...


(Raquel Schuindt)




 
0

Hoje

E hoje tudo o que eu queria era ter te abraçado mais
ter aberto um sorriso maior e berrado alto,mas tão alto que todos pudessem ouvir
e mais do que isso...berrasse para que ecoasse dentro de você e não esquecesse
não esquecesse o quanto tem valido a pena e o quanto isso me é importante

Por favor não se engane,não se acanhe
cada um tem seu jeito de ser e de entender
e nem sempre é fácil aceitar,nem sempre conseguimos entender
mas vale...a verdade é que vale a pena!


e se hoje,não consegui mais uma vez...peço que me perdoe
pois como já mencionei...nem sempre é fácil
mas me envergonho,engulo o choro engasgado
muitas vezes luto comigo mesma


Ah como eu queria ser ainda mais diferente
tomar frente,coragem,estufar o peito e seguir a diante
e durante o percurso,o trajeto,aprender com a coragem e a audácia
que não se acanhar e arriscar tem valido a pena...


Mas isso em questões de segundos pode acontecer
pra ser honesta é o que eu mais quero
mas hoje,só por hoje...eu não consegui
e isso doeu na alma,doeu aqui...


(Raquel Schuindt)



0

De Deus...

De Deus pretendo ser...e sou!
a filha do Criador
o mais poderoso de todos
aquele que me formou

De Deus eu quero ter o amor
aquela compaixão sincera pelo próximo
e o perdão...por todos que O fizeram mal
Isso pra mim é inigualável,é louvável!

De Deus, meu Deus,que arrisco falar aqui
com grande admiração e respeito
eu quero ser grata a Ele sempre por tudo
até por me ensinar com meus defeitos

De Deus,sinceramente eu quero corresponder
poder retribuir o amor Dele por mim
embora eu saiba que sou muito inferior a Ele.
mas buscarei sempre retribuir

Porque nese caso...
vale a pena!
Afinal,não se trata de qualquer um
estamos falando de Deus!

(Raquel Schuindt)
0

O espelho e a chave

Gosto do que vejo além do espelho
ali,quando paro frente a frente a mim mesma e me encaro
quando olho dentro dos meus olhos e pergunto
Afinal,quem é você?E porque precisa ser?

Quando tento me explicar sem antes pensar
quando penso em reagir sem respirar fundo
e me apronfundar mesmo,desvendar em mim chaves
porque de turbulências formei muitos 'eus' que hoje guardo em mim

E preciso encontrar a tal chave,a tão cobiçada chave
que libertará de dentro do meu eu todas essas turbulências
talvez estas soltas provoquem mais!
Porém preciso enfrentá-las para finalmente ter paz

E enquanto as guardo comigo
outras espécies do meu eu vão  se formando
entre tamanhos,cores,idéias ainda não vistas
não ao menos vistas por mim...e a solução agora é mais uma vez descobrí-las e encarar!


(Raquel Schuindt)
0

A origem



E eu?Que muitas vezes me pergunto quem sou, o que faço e o que quero...
E eu...que carrego no peito uma vontade enorme de querer voar,de querer subir.
Que tenho minhas crises,minhas dúvidas,cada mania mais louca que a outra,que prefiro um céu estrelado,um banho demorado.Onde eu ganho tempo pra pensar,lavar a alma,chorar e poder misturar gotas d'água com gotas pessoais,só minhas!
Só assim os medos,incertezas e dores vão saindo sem ninguém perceber e mais do que isso: sem ninguém questionar.A propósito,aqui venho eu,cautelosamente pedindo e ensinando(se é que tenho tal capacidade para isso),peço que não me julgue,que não se julgue,apenas viva!
Encontre-se,desvenda-se,busque o novo ao invés do pensamento alheio!Não gaste seu tempo diminuindo alguém se você tem a capacidade de crescer!Mas voltando ao foco,o que eu sinto,o que eu vejo e o que eu quero,me motivam e é assim que por mim,continuará sendo.
Gosto de falar de amor,de ouvir sobre o amor,de todas as formas que ele existe.
Prefiro o azul ao invés do rosa,salgado ao invés do doce.Prefiro pular,correr,criar, inovar!
Não,eu não nasci na mesmice e tudo o que é rotineiro enjoa e os enjoôs sempre são incômodos e tudo isso não combina comigo.
Não sei esperar, aliás, detesto esperar! Seja um miojo ficar pronto,seja a resposta de uma entrevista de emprego...a sensação de não saber se já é a hora me corrói, inquieta e irrita!
Mas quando se trata de amigos,ah...ai meu coração amolece,mas preste bastante atenção amigos são aqueles que dão sangue por você,mudam sua rotina pra te ajudar,gritam com humanos por te amar e por esses,por esses eu luto,pois sei a dificuldade que é encontrar um desses.E volto a me questionar o porquê disso tudo,de sentimentos,de palavras,de sabores...e não consigo desvendar tal questão.


(Raquel Schuindt)
0

Nem sei...

Se eu pudesse teria você aqui
cada vez mais perto,cada vez mais...
sem me importar com o redor
mas apenas você e eu


Ah que falta me faz seu carinho,sua voz...
principalmente quando anoitece
Nessas horas tudo é tão frio e silencioso
e a vontade que dá é desejar seus abraços


Ao menos com eles ficaria protegida
teria certeza que a noite não seria tão escura
e que eu estaria mais aquecida
não só por ter seu abraço,mas seu coração perto do meu


E quando dois corações se encontram,
se forem os nossos,juntinhos então...
ai já nem sei se é noite ou dia
ai nem lembro mais o que é solidão.


(Raquel Schuindt)

0

Acontece

É mais espontâneo do que se imagina
mais natural do que acordar e abrir os olhos
quando realmente acontece é assim,não se explica
o amor nasce e simplesmente aparece


E por mais que tente fugir,se esconder
o sentimento flui bem devagar e cria raízes
das quais sem perceber,regamos todos os dias
alimentamos ao acordar e continuamos durante os sonhos


Porque quem ama,ama de verdade!
Quer algo que dure,não que seja passageiro
e daí em diante inventam sorrisos,faz-se planos
pensa no amanhã pluralista e vermelho


Onde o que era para um,agora passa a ser para dois
e o que seria impraticável,torna-se tolerante e aceitável
e tudo isso porque amar passa a ser também se doar
e passa a ser nós dois,mãos dadas,porto seguro...


(Raquel Schuindt)



0

Renovo


Gosto de admirar detalhes
belezas,razões,brisas e olhares
gosto e se pudesse,me congelaria assim
deitar na areia,de frente para o mar,admirando o luar


Não tem nada mais tranquilizante,
não tem momento mais relaxante
do que estar onde mais se gosta
e ter tempo para si só, em silêncio


Deixando o mar cantar para você
o céu atuar e mergulhar em seus olhos
e por um instante,esquecer de tudo!
mergulhar na areia como se fosse sua cama


Deixar a água do mar te cobrir e ao mesmo tempo,
poder te lavar,limpar você de tudo
das preocupações,decepções e renovar suas razões
fazer de você algo novo,puro,limpo e extenso,como um oceano...


(Raquel Schuindt)











0

Bem-me-quer Mal-me-quer

Se me amas ou não amas
como irei saber?
se dentro dos teus olhos
vejo o que ninguém vê


É tão sincero,tão sereno
Que chega a acalentar meu coração
e o que eu mais quero é o teu segredo,
saber se nisso tudo é sim ou não


E em cada gesto,cada toque
e até mesmo quando estás a me olhar
eu pergunto e até me vejo
mas sei que isso eu não vou adivinhar


Mas quem precisa saber se é possível sentir?
Eu sinto bem mais do que antes
e por não saber,por não ouvir
quem acaba me contando bem baixinho é o coração...


(Raquel Schuindt)



Empurrãozinho



É disso que falo,do improvável
O 'e se', talvez,será?
Palavras que ecoam dentro de todos
Fincam,cravam,sem restrições


Será que chove amanhã? Logo amanhã que planejei ir a praia
Talvez ela não aceite meu convite,mesmo depois de tomar coragem...
E se não der certo? E se eu fracassar?E se...
Quantos pânicos e medos são guardados em tão poucas palavras, e pior...
palavras pequenas!


Palavras pequenas demais para restringir suas maiores vontades,
os seus maiores projetos e o mais importante,sua coragem e determinação!
Reparou como essas duas palavras são maiores e soam melhor?
Então,descarte o improvável que te assusta...


Aquele que fere,cria dúvidas e destrói projetos e sonhos
encare a vida,chame-a para dançar,mas antes...
escolha a música e mostre que essa letra
você está cansada de cantar e então: Surpreenda!


(Raquel Schuindt)
0

Preciso dizer que te amo


Preciso dizer que te amo
mas por dentro não sei se me engano
se é verdade,se é intenso,se é certeza sentimental
ou se é apenas uma vontade,um desejo momentâneo

Sempre mantive cautela,cuidado com minhas palavras
mas agora,elas me rondam...saem naturalmente
uma espécie de vômito do coração
carregado,descontrolável e até mesmo com um aroma,porém doce,suave,não azedo

E eu continuo com esse desejo,essa vontade dentro de mim
nada esporádica,muito frequente e intensa!
Intensa como a forma que te olho,
intensa como os abraços que te peço e recebo

Intensa como o carinho que tenho por você,
como a saudade que eu sinto quando não te vejo
como a alegria que me traz quando surpreende
e como a força! A força que tem num começo de uma história

E por tamanha intensidade,por tantas verdades
é que eu preciso dizer que te amo
e se existiam dúvidas dentro de mim,
se existiam medos e inseguranças

Elas simplesmente voam para longe
somem do nosso redor,procuram outros lugares
bem distante dos nossos corações
Deixando dentro de mim a lembrança,de que preciso dizer que te amo!

(Raquel Schuindt) 
0

Estrela


Me olhe nos olhos,bem fundo,profundo...
mergulhe sem medo nas cores do meu eu
e quando estiver prestes a me descobrir
percorra por onde ninguém percorreu

eu preciso disso,porém sei que não é fácil!
Aliás,quando sou eu, nada se facilita
Pelo contrário,complica
mais do que até se imagina

Então se tem em tuas mãos meus  segredos
coragem,busque todos e revele-os!
Não ao universo,mas somente a uma estrela
é...aquela mesmo,apagadinha lá no canto

Conta pra ela o que a faz brilhar
mostra a beleza que o brilho dela tem
faça-a lembrar como chegou lá emc ima
e como é belo poder parar e admirar

Faça isso quantas vezes puder
de todas as maneiras que você conseguir
Faça isso se você também quer...
fazer uma estrela voltar a sorrir!

(Raquel Schuindt)



0

Harmonia


E tudo o que eu queria era mais
mais amor,mais compreensão
mais afagos,mais sorriso
mais presença e menos solidão

Tudo que eu queria era olhar e bastar!
Ser compreendida sem precisar falar
sentir claramente a verdade das emoções
poder me entregar e não mergulhar em decepções

Mas nem tudo o que quero,consigo
nem todos os sonhos acontecem
nem todas as rimas combinam
e as melodias,nem sempre agradam todos os ouvidos

Há quem cante e encante
quem dance e embale
mas há também quem desafina!
quem desengonça e pisa nos pés...

E ai tudo desanda,foge das mãos
foge de tantos e tantas!
Que nem se lembra mais onde foi...
onde foi mesmo o início do enredo?

(Raquel Schuindt)
0

Coisas que amo em você






Amo o modo que sorri quando fica sem graça
amo o som da sua gargalhada,mas aquela,a mais engraçada
amo o jeito que fala meu nome quando faço algo que você não gosta
amo o jeito que fala meu nome quando faço algo que você acha surreal


Amo os passinhos que você inventa e o 'oi' que você grita para todo mundo te acompanhar
amo a forma que me protege quando andamos na rua
amo o fato de se importar em me ensinar a maneira correta de andar de mãos dadas
amo a forma que faz carinho em meu rosto


Amo seus beijos,dos rápidos aos demorados
amo a forma que me abraça,me protege e me envolve!
amo seu modo de falar,suas gírias e palavras características
amo ser seu moranguinho,sua índia,sua linda


Amo a sensação que me dá quando eu te encontro e vejo seu sorriso
amo quando viro seu 'pandeiro humano' e você fica batucando em mim sem parar
amo quando se irrita comigo por eu nunca ficar concentrada jogando buraco
amo ser do seu time nos jogos de volei e voltar pra casa ao seu lado


Amo quando você diz: "Relaxa,tá bom?A gente tá junto nessa!"
amo a forma que você se diverte quando estamos juntos
amo conhecer restaurantes com você e ver o quanto você fica feliz quando me surpreende com suas ótimas escolhas
amo não fazer nada,mas ter você ao meu lado ,porque ai, o nada vira tudo!


Amo quando me liga só pra dizer que está morrendo de saudades
amo seu jeito velho de ser as vezes,que faz eu praticar minha paciência
amo quando canta músicas que falam por nós
amo ir ao cinema com você,assistir os piores filmes e ficar observando o quanto você se diverte com eles...


Mas o melhor de tudo,o mais legal mesmo...
é poder sentir cada detalhe que foi dito aqui
e muito,muito mais!
Porque é muito bom amar você!


(Raquel Schuindt)





0

A tal menina...

A menina cresceu cheia de medos,
de traumas e nós na garganta
também cresceu cheia de segredos,
mas ela queria ser uma mulher feliz...


E prometeu não desistir por pouco caso
Quanta gente pisou na menina,
quantos "nãos" a menina teve que ouvir,
quantas zombarias e deboches...


E talvez você pense: Óh,pobre da menina!
enganou quem teve piedade,
quem achou que esta menina 
deveria ser digna de pena...


Se a menina não passasse por tudo isso
talvez hoje não fosse essa mulher!
Se a menina não chorasse tanto,
talvez hoje não valorizasse um sorriso


Se a menina não ouvisse tantos 'nãos',
talvez hoje não apreciasse o sabor de um SIM,
se a menina não sentisse medo,
talvez hoje não fosse tão corajosa!


Se a menina não fosse tão zombada,
talvez hoje não entendesse o que é respeito ao próximo
e se depois de tudo,a menina não entendesse que isso faz parte da vida...
Talvez ela não se tornaria essa grande mulher!


(Raquel Schuindt)
0

É meu jeito,é meu o amor

Amo e nem ao menos disfarço
finjo para mim mesma que sou forte,
que sei lidar com todas essas situações,
que entendo muito bem o que sinto


Mas a verdade é que eu amo sem perceber
vem naturalmente essa vontade de dizer
de querer mostrar e ao mesmo tempo não poder
e as restrições que proíbem são tão banais


Eu não preciso de longos anos para provar o meu amor
muito menos de momentos desagradáveis para ter certeza do que sinto
o fato é que existe uma vontade aqui dentro do peito,dentro do meu coração
e é essa vontade que me impulsiona quando eu penso em recoar e guardar segredos


mas pra que guardar segredos de você
se há promessas e cumplicidade entre nós?
e se existe tanto,eu afirmo que existe mais...
Afinal,é meu jeito,é meu o amor.


(Raquel Schuindt)
0

A janela

Me faça acreditar que vai dar certo
Me faça entender que vale a pena
Tem dias que o meu eu quer recoar
meus pés, outra direção querem tomar


Lá fora parece estar tão calmo
as pessoas parecem estar felizes
e enquanto isso,eu aguardo na janela
admiro tudo e todos daqui do alto


e as idéias que crio,entrelaçam nos meus pensamentos
só confundindo o sim do não,desregrando o nada e o tudo
e eu, a cada dia sei menos quem sou
em contratempo,sei mais do que quero


Mas o que quero é tão egocêntrico e pessoal
que por ser só meu,vai sendo guardado e esquecido
em um baú talvez,uma caixa daquelas bem fechadas
das quas não existem segredos,combinações ou chaves que façam abrir


O que me fascina e me descobre nem eu mesma consegui entender
Porque é um misto!
De ações,sentimentos e emoções...
e nem tudo eu ainda descobri


(Raquel Schuindt)
0

Realismo e o Iludido

Gestos sinceros,carinhos singelos
Sorriso radiante,que,quando desperta...
Pronto!Ilumina,abre caminhos,aviva felicidades ocultas
e tudo sem esperar,surpeende mesmo


e com palavras faz rimas,cria canções
inventa histórias,não dessas pra boi dormir,
mas daquelas que tornam a realidade melhor do que os sonhos, sabe?
Porque no real você sente e é recíproco


Já nas ilusões,só resta mesmo um vazio
e entre vazios e dias frios é melhor dormir
e enquanto uns dormem e sonham com o nada
eu me arrisco em tentar a realidade


e nela encontro cores,formas...
posso escutar melodias em todos os sons
sinto frio,mas também sinto calor
se não vivesse pra sentir,qual razão teria eu?


(Raquel Schuindt)

0

Já?





Já quis seguir seu coração?
Tentar falar o que sente exatamente do jeitinho que ele pulsa quando você pensa no que dizer?
E quando dá vontade de fazer isso,ao mesmo tempo você consegue ouvir sua alma gritar um NÃO tão forte e tão intenso que provoca tremedeira no seu corpo todo e uma vontade de simplesmente correr e correr sem olhar pra trás?
Já quis fazer algo que vai te dar paz e ao mesmo tempo não vai permitir que sua mente pare de se perguntar se essa seria a escolha certa?
Já quis acreditar que certas palavras são capazes de alegrar alguém e ao mesmo tempo que são ditas podem incomodar quem diz?
E se não for verdade?E se não for recíproco?
Já tentou se livrar de um 'e se' e tudo o que conseguiu foram mais deles?
Já quis descer do mundo,parar no acostamento e esperar um reboque para dar uma geral em você?
Pois é...já quis tantas respostas,mas só consigo mais perguntas!


(Raquel Schuindt)
0

Prelúdio


Nada do que foi será
Porque se foi já não é para ser mais
Agora estenda as suas mãos
Segure esse novo livro


Selecione a melhor caneta,
os melhores lápis para colorir a sua história
aprenda a dar títulos coerentes
em cada capítulo se aprende algo novo,conhecem-se novos personagens


e não importa o que você pense,
sua história sempre terá de tudo
Um pouco de comédia,drama,terror,suspense,ação ou romance...
Apenas escolha as pessoas certas para cada situação,para cada capítulo da vida!


(Raquel Schuindt)

Monólogo faz bem!!

Monólogo faz bem!!
Não esconda suas palavras...
Back to Top