0

A mulher e o travesseiro






Ela sorri,parece feliz
mas quando fica só,ela chora.
Faz questão de ter tudo e diz ter todos,
mas costumeiramente o travesseiro é seu único amante.


Amante esse que vive encharcado de tantas lágrimas,
que guarda fielmente todos os segredos dela
que se pudesse ter o direito de resposta
a faria enxergar a vida ao invés de sufocar seu rosto no travesseiro.


Se pudesse alegrá-la
mostraria como és bela e valorosa,mas prefere não enxergar
se tivesse como alimentá-la com palavras
lembraria a importância que tem para sua família e amigos


E que todo esse tempo em que ela vivera sufocada no travesseiro
ela poderia ter respirado vida,
ela poderia ter sonhado mais e ter tido menos pesadelos,
ela poderia ter encontrado formas de amar e não mais odiar


Ela poderia simplesmente ser o que ela sonhava,
ter vivido tudo aquilo que planejou,
mas que ao viver tamanha decepção
stagnou-se dentro de um travesseiro e de lá não saiu mais.


(Raquel Schuindt)



0 comentários:

Postar um comentário

Monólogo faz bem!!

Monólogo faz bem!!
Não esconda suas palavras...
Back to Top