0

Sorriso





Sorriso,vontade de querer fazer o bem
abraços,como esses ninguém tem
e quando a chuva ameaça voltar
esqueço tudo,me perco no brilho daquele olhar


Que ilumina e clareia como a manhã
e se já é tarde,noite ou dia...nem sei!
só sei que parei no tempo
esqueço-me de todo aborrecimento


Agora o que acalma é o coração
renovam-se as felizes lembranças
e no fundo,bem no fundo,isso tem feito toda a diferença
tem trazido paz e uma segurança que só faz sorrir


E daí em diante o que acontecer,o que aparecer
passa a se tornar detalhe no meio de tudo
passa a fazer sentido,passa a se tornar de certo modo duvidoso
mas no final,é daquele sorriso que eu preciso


(Raquel Schuindt)









0

Confrontos


Confrontos...eles existem
por dentro,por fora
na alma ou no coração
como brigas,intrigas...lá estão


Corroem e consomem a alegria
de quem sabia sorrir
e quem podia querer
mas nada restou,nada ficou


Tudo que se permitia
e que talvez fosse verdade
agora transformaram-se em dúvidas
nada além de constantes interrogações


E perde-se muito,em todo o tempo
principalmente quando não se vive,só se preocupa
dali em diante não há nada a dizer
e viver assim começa a dar medo


E nesse caso,nessa situação
não existem palavras
não existem canções
apenas calafrios,as piores sensações...


(Raquel Schuindt)

0

Meu mundo real


A verdade é que é tão bom
traz paz no coração,
sorriso nos lábios,
sonhos dos quais não se sonhavam mais


A verdade é que é engraçado
e ao mesmo tempo,estranho
mas é a melhor 'estranhice' do mundo
aquela que dá gosto em recordar depois


E se é verdade fica melhor que os sonhos,
vale mais a pena viver a realidade
do que ilustrar mentes sãs com loucuras,crendices
das quais alimentaram-nos desde menina


Eu hoje prefiro o mundo real
não que ele seja perfeito,longe disso
mas o que se vive na realidade
a história não pode escrever


E do que me adiantaria mais ficção?
Para que conviver com mais personagens?
Hoje eu consigo reconhecer o lobo mau
hoje eu sei porque existem os vilões


E se o enredo dessa história não me fascina
é porque me cansei de contos de fada
não vou me iludir com sapatos de cristal
eu volto a preferir,o mundo real...


(Raquel Schuindt)

0

Detalhes

Foi naquela noite
quando eu achei que seria o dia mais escuro
quando apagaram-se todas as luzes
quando eu fechei os meus olhos e não conseguia mais abrir


Foi dali que eu percebi
que nada estava tão mórbido assim
havia ainda um brilho,uma única luz
e se eu quisesse, poderia enxergar 


Mas para isso era preciso permitir
era preciso arriscar e até descobrir
não me pergunte o que, porque ainda não sei
Sinceramente,eu somente arrisquei


E desde então não recuei
continuo a prosseguir porém atenta aos detalhes
a cada passo,a cada música a cada estação
e a todo instante que vivo eu me surpreendo


Seja por um sorriso inesperado
ou até mesmo um choro engasgado
as diferenças são mínimas
e fazem das coisas...detalhes


(Raquel Schuindt)



É assim...

E quando fica tudo bem,quando fica tudo em paz
vem algo do qual a gente não esperava
que vai testar seus medos e inseguranças
e só você pode entender e decidir


Mas a verdade é que aquilo que você é
só confunde ainda mais sobre o que você quer
e enquanto isso vão se passando os dias
o amanhã já virou ontem e agora o que acontece?


Quanto tempo mais irá se perder
até que você encontre o que procura
ou até que entenda que não precisa mais procurar
que aquilo que se perdia por ai já foi encontrado


Mas é preciso que perceba
é preciso que sinta
é preciso que entenda
e mais do que isso...é preciso que viva


E viver vai muito além daquilo que os seus olhos podem ver
ou do que o seu coração possa sentir
viver revela-se uma surpresa dia após dia
e tratando-se de surpresa, o inesperado sempre acontece


(Raquel Schuindt)











0

Sem perceber

Por mais que um "quê" bata na porta constantemente
procurando entender,procurando refletir
sempre com as melhores das intenções
ainda assim as respostas não se revelam


E por mais que algumas coisas incomodem
elas continuam acontecendo
e não dá pra saber ao certo o porque
mas o fato é que elas simplesmente acontecem


E isso não traz orgulho nem tristeza
é assim e não tem um motivo certo para isso
não tem motivo e nem razão,apenas flui
flui com a naturalidade de tudo que se é permitido 


Ou até mesmo sem se permitir,vai surgindo numa idéia
e dali em diante é tudo o que acontece
esse "quê" com "porquê" misturado com "pra que?"
é assim que acontece,tudo sem perceber


E não se encontram argumentos para defesa
pois na verdade,não tem nem o porque de se defender
ninguém espera o inesperado,ninguém se surpreende com o inusitado
as coisas acontecem,elas aparecem... e é sem perceber


(Raquel Schuindt)









0

Simplesmente acontece...


Simplesmente acontece
quando você menos espera o sorriso aparece
as perguntas passam a ter respostas
e as dúvidas continuam,porém agora de uma outra forma


Você se surpreende até mesmo com o seu modo de falar
e passa a observar  o que antes vivia despercebido
e só acha graça do sol e de toda essa primavera
que traz cores novas e flores para a sua vida


Simplesmente acontece
por mais que o medo tente de dominar
a vontade de se permitir vai anulando as inseguranças
e você já consegue arriscar,você consegue se permitir sorrir


E por mais que as sensações sejam diferentes
por mais que pessoas achem que já sabem essa história
que conhecem o início,o meio e o fim
é você quem vai escrever todos os capítulos


(Raquel Schuindt)



















0

O sabor da fórmula...

Não me peça fórmula para que se explique as minhas emoções
infelizmente eu nunca as encontrarei
Não me pergunte de onde vem tanta intensidade em tudo que penso,que vivo,que sinto
Nem eu mesma saberia dizer


Mas me deixe seguir como sou
me permita invadir o meu eu a cada dia assim,autêntica e sincera
intensa e simples,porém sempre,sempre mantendo a minha essência
pois de tudo que não entendo,que não sinto,que não vejo,sei que no fundo existe algo que reconheço


E isso faz-me ser apenas como sou
simples,fácil,difícil,impossível,inatingível
na verdade eu nunca escolhi ser e sentir certas coisas
elas apenas acontecem dentro de mim e fluem...


Fluem algumas vezes sem pensar,outras sem perceber
mas elas sempre vão surgindo,elas sempre crescem
mesmo que eu não as alimente,elas aparecem
e no final,quando já não se sabe como,elas colhem os frutos


Se são grandes ou pequenos,não me importam
se são pesados ou leves,não fazem diferença alguma
se tem forma que me agrade ou não,sinceramente,nunca liguei para isso
mas se são doces ou amargos...ai só quem provou é que sabe


(Raquel Schuindt)



0

Umas e um





Uma rima,
uma nota,
uma forma de sorrir
um acorde...


Uma carta,
uma história,
uma gargalhada,
um soluço...


Uma vontade,
uma sensação,
uma insegurança,
um certo 'quê?'


Uma conversa,
uma verdade,
uma saudade,
um abraço...


Uma pergunta,
uma resposta,
uma atitude,
um sentimento...


(Raquel Schuindt)

Eu consigo





Senta,descansa...acalma esse coração
tenta sentir essa brisa,logo logo chega o verão
e você esquecerá dessa tempestade
e de todas as catástrofes causadas com intensidade


mas agora,senta aqui e escuta essa canção
ela fala comigo,ela fala contigo
ela fala de dores,ela fala de amores
e tudo aquilo que a gente procura encontrar


Olha,quando eu olho nos teus olhos e me vejo
faço tudo pra te encontrar,não é lá que eu desejo estar
o que eu quero e anseio você não pode me dar
então nem invente,não me peça pra ouvir,eu não vou te escutar


Sempre que estou no meu canto
sempre que estou desse jeito
você vem me perguntar
você vem me procurar


Não,não vai adiantar
ouvir o que tem pra falar
eu já não acredito mais
eu agora consigo viver em paz


(Raquel Schuindt)
0

De repente...

Tudo muda de repente...
e você começa a perceber
que nem todas as conclusões eram plausíveis
que nem todas as sensações eram reais


E mais uma vez você provoca mudanças
que podem ferir pessoas sem querer
mas quem mais se machuca nessa história
acaba sendo você


E tudo por conta de não saber quem és de verdade
tudo por culpa de se deixar levar por conta de uma pressão alheia
que te encosta na parede pra saber se você aguenta encarar
se consegue suportar mais uma dessa


E você se perde como se fosse lançado ali...
num infinito constante de dúvidas e medos
que só tocam uma música: o medo de lutar por você
e se você não tentar,ninguém mais comprará essa briga


E não adianta,a sensação de remar sempre pra trás continua
até chegar a esse ponto:onde você já não tem mais forças
onde você percebe o erro que na verdade é você e não só as suas escolhas
e quando chega aqui,o que mais falta acontecer?


(Raquel Schuindt)









3° Selinho

Ganhei mais um selinhooo!!Dessa vez foi da mamãe Roberta Portela do blog: Bolsa de amores.
   Queria aproveitar e agradecer muito os elogios e as críticas,todas são muito bem-vindas!!Eu realmente amoooo escrever aqui,faço isso sempre que posso,sempre que consigo uma boa inspiração,realmente estar aqui me acalma...e continuarei a escrever sempre que puder!
   Você,leitor do blog,deixe o tema do monólogo que você gostaria de ler,quem sabe eu consigo escrever aquilo que você ainda não consegue dizer?Mais uma vez,termino agradecendo por todas as visitas...espero que continuem lendo monólogo.

(Raquel Schuindt)


0

A outra parte de mim...




Parte de mim pensa em parar,desistir de vez
outra ainda acredita que avançar é a melhor saída
parte de mim prefere não sonhar,acredita somente no que é real
já a outra suspira o tempo todo,planeja sonhos cada vez mais altos

Parte de mim chora,grita de tanta dor e decepção
outra é só alegria,só felicidade,nunca soube o que é solidão
parte de mim quer muito,insiste e persiste sem parar
já a outra desiste,recua,tem tanto medo que é de apavorar

Parte de mim ama viver e quer aproveitar todos os momentos
outra aguarda pela morte,já não consegue lidar com seus sentimentos
parte de mim já se machucou demais e mesmo assim não aprendeu
já a outra fere pessoas,agride,esquece que isso também já doeu

Parte de mim quer gritar o mais alto possível
outra adora o silêncio,nele ela consegue dizer tudo
parte de mim tem tanto medo,que sua frio só de pensar
já a outra tem a audácia de encarar o próprio perigo

Parte de mim queria ser a outra
e a outra,queria ser parte de mim
mas não tem como,não adianta
cada uma é de um jeito e vai ser sempre assim

(Raquel Schuindt)


0

A prisioneira



A verdade é que meu coração fica inquieto
a minha vontade é de arriscar e ver no que dá
mas ao mesmo tempo,eu não consigo
eu morro de medo de me machucar


Não,o defeito é só meu e de mais ninguém
é tudo culpa do que se passa dentro do meu pensamento
meus olhos vêem coisas onde não tem
e isso é o suficiente para eu querer desistir


Você pode me balançar,gritar,sacudir
mas eu não consigo acordar desse pesadelo
prossigo tensa,com todas as perguntas e nenhuma resposta
e até quando eu me canso,permaneço assim: amedrontada


Eu tenho pânico de decepções,sejam elas quais forem
já suportei todas,francamente,mais uma pra mim não dá
eu sonho com o dia que esse medo vai sumir
só assim eu vou poder tocar em mãos seguras


Mas enquanto isso,prefiro ficar assim
guardada,travada,escondida dentro de quem eu sou
não adianta,é assim que eu me protejo
é assim que eu consigo cuidar de mim


(Raquel Schuindt)





0

Essa tal ansiedade


Chega a dar nó na garganta
é tanta incerteza de coisas que nem você mesmo faz idéia de como surgem aqui
e por mais que você tente não pensar...acaba sendo tudo que você pensa
e por mais que você queira parar...nada disso,você só acelera

E pensa e repensa,com aquela sensação de quase explodir de tantas sensações
você nem faz idéia de como isso tudo começou 
mas procura a maneira de terminar de uma vez por todas com essas emoções
das quais você nunca soube que existiam e para sua frustração,elas existem

E quem vai entender o quanto isso é forte e perigoso?
Quem sabe discernir o real do surreal?
posso até imaginar que nem todos são assim
sorte dos que se salvaram,sorte dos que tem a paz

Mas aqui não...aqui é tudo muito diferente
uma corrida mais que misteriosa,coberta de incógnitas e labirintos
você se perde e se encontra o tempo todo,sem saber de mais nada
e não saber de nada é tão comum que chega a ser redundante

E nisso seguem-se todos eles...prosseguindo ao que ninguém viu
caminhando em trilhos distintos,ora escuro...ora claro
já não percebem a diferença entre a luz e a noite
apenas caminham,não conseguem impedir

(Raquel Schuindt)





Instantâneo



É fácil pra quem está de fora
quem só acompanha a novela
eu quero ver a platéia se tornar o ator principal
ser coadjuvante é moleza,não precisa falar nem se expor


Então por favor,não repare tanto na cena
entenda o que acontece,entre na história
assim fica mais fácil pra julgar
assim fica mais fácil aprender


(Raquel Schuindt)



Em branco

Perdi a forma,a rima
perdi a sensação boa de avivar sentimentos em palavras
mas por enquanto é apenas uma sensação de vazio
ou quem sabe de não querer falar daquilo que mais desejo
Uma sensação em relatar a felicidade
porém que se trava com o medo que dá em se expor
de colocar pra fora as interrogações,suspiros e gargalhadas
sabe aquela vontade que dá,mas que o medo impede de prosseguir?
É exatamente assim que eu me sinto quando penso em escrever
bate uma insegurança,será que as sensações se foram?
e aquela coragem acaba sendo enterrada pela árdua sensação de impotência
exatamente,não há mais o que se possa fazer!
Quem luta contra a coragem certamente não sabe o que é frio na barriga 
em momentos como esse e muitos não entendem,na verdade,muitos não me entendem...
a verdade é que o que eu sinto já não cabe mais só em palavras
precisa-se estar entre lábios,entre mentes,entre planos que se cumpram
E quem terá peito pra encarar tudo isso?
quem estará sensível pra entender tudo que se passa aqui e lá...dentro do meu coração?
porque tudo isso é muito mais do que estar em um coração,está entre mentes e reações e não se trata apenas da minha emoção,do meu querer,é muito além disso.
Então como perco o melhor,a minha essência?Já não se sabe mais se foi perda ou covardia, o que importa agora é como resgatar, fazer voltar as mesmas emoções...dessa vez de uma outra forma, com um novo enredo, uma nova melodia, melhor, profunda,intensa...alegre!
Não é bom deixar em branco a melhor parte da sua história, respire fundo e escreva o melhor trajeto para o melhor personagem:Você!


(Raquel Schuindt)







0

Estranha saudade


Tenho saudades platônicas
De um tempo que eu não vivi
de um certo quem, que nem conheço exatamente
mas que me encanta e me intriga

Que me faz sentir essa tal saudade
toda vez que se despede,toda vez que anoitece
a saudade vem,ela me assombra
e eu fico aqui a sonhar e imaginar

Pedindo a Deus que me dê asas
não asas como as suas,de anjo
mas asas nos meus pensamentos
para que eu possa imaginar dias de sol

E quem sabe dias de sol com você por perto
sua companhia mesmo que distante
tem melhorado esse meu semblante
tem aliviado muitas dores

Não sei explicar o que acontece
mas ter você ali
perto e longe ao mesmo tempo
me traz uma enorme e preciosa paz

Me dá saudade de não sei o que
Me dá vontade de falar algo que eu não consigo
Me faz sonhar com o que eu ainda não sonhei
O que eu diria sobre tudo isso?

Você tem sido a interrogação mais exclamativa que eu conheci
Tentou passar despercebido,mas eu percebi
E agora o que me deixa?
É só essa estranha saudade...



(Raquel Schuindt- poema feito em Julho de 2010)
0

Vida


     Eu não pretendo passar todos os dias rimando,criando,inventando...Chega um momento em que qualquer pessoa vai querer mais,vai querer algo novo.Um novo mundo,um novo alguém e é ai onde tudo começa.Não é fácil esconder algo que no fundo,você queria mesmo era mostrar.Não é fácil engolir sapos,às vezes engolir mais do que sapos,animais dos quais eu ainda desconheço o que são.
E muitos me julgam por ser transparente,por expor demais o que sinto,o que penso,me desculpe,eu não sei não ser assim.Porém nem tudo que escrevo é real,ou pessoal,eu vivo muito além do meu egocentrismo,eu penso no amigo,eu me importo com quem amo,eu valorizo cada dor e cada amor compartilhado comigo.
    E nem toda forma de amor que relato significa amor ao oposto do meu sexo, com atração para namorar,noivar,casar...Enfim,eu amo pessoas,de formas diferentes,em tempos diferentes.Consigo sorrir e chorar ao lado delas,consigo me imaginar em cada situação e é isso que faz de mim quem sou, transparente, difícil de entender, impossível até de amar.Mas não me importa o que sentem e sim o que eu sinto,o que eu vejo.Isso significa muito para mim!É daí que todo o resto começa a ter importância e se não percebo o que me importa,do que me adianta viver? Pra quem eu abrirei meu sorriso ou encostarei minha cabeça em ombros aconchegantes?
     Eu gosto de admirar o belo, embora nem todo o conceito de belo que me cabe, provoque concordância nos que me cercam. Eu sei admirar os detalhes e para mim,são esses que fazem toda a diferença! Eles provocam reações antes não vistas e de certo modo, me divirto, me fascino com isso! Reparar além do que seus olhos vêem é algo totalmente inusitado,mas acredite...vale a pena! E sendo assim, eu escolho percorrer desse jeito, com meus defeitos ,acertos talvez, mas sempre aprendendo,seja da maneira que for, é assim que escolho viver.


(Raquel Schuindt)
0

Identidade



Eu sou sentimento,não tem como negar
e oscilo mais do que se pode esperar
mas sou autêntica,não vivo de aparência
não pretendo enganar ninguém em troca de um afago


E se vivo,intensamente vivo!
e se sofro,intensamente sofro!
e se sou feliz,resplandeço e grito de tamanha alegria
mas se canso...paro tudo e preciso recomeçar


Eu sou sol ou chuva,mas nublado jamais!
Meio-termo pra mim não cola,não sei refletir duplamente
sei ser quem sou...ah,e como sei!
Porém não agrado a todos e nunca quis tal prestígio


Mas busco continuar mantendo a tal identidade
que avança ou recua,depende do dia
aliás,observe: tenho medo e coragem
encontro forças onde não tem e o medo também


E por ai vou,sigo sendo quem sou
com amor,alegria,paz,mas tem mais
tem dor,melancolia,inquietações e raiva
afinal,sou quem sou,semelhante a você


(Raquel Schuindt)









0

Faz de conta

Meus olhos,
entregam aquilo que o coração tenta esconder
minhas mãos suam frio
desmentem quando digo não querer ter você


Meu sorriso,meio trêmulo,
se abre por completo quando te vê
dá um frio na barriga,
volto a ser aquela antiga adolescente


E quando te vejo,reflito...admiro!
entro em transe,me afogo no brilho dos seus olhos
é preciso que me acordem,me despertem desse sonho
e eu não quero,prefiro continuar como estou


E como estou?A sonhar!
sim,nada aqui é real,eu sei
mas prefiro assim,fica melhor pra seguir em frente
fica menos doloroso,é mais fácil pra sorrir


E por mais que eu pense que é faz de conta
na verdade é assim que acontece
mas prefiro fechar este livro
confesso ter medo de ler essa história


(Raquel Schuindt)
2

Meu pequeno talismã

Tem um brilho melhor que diamante
tem um sorriso único,puro,cativante
faz qualquer um se derreter com seu amor
com sua voz,seu carinho...


Adoça a todos com seu jeito especial
e quem sente,confessa nunca ter sentido algo igual
meu talismã é melhor que qualquer outro
exclusivo,vale mais que ouro


A verdade é que por ele,somente por ele
valeu chegar até aqui
derramar lágrimas de sangue e suar a camisa
mas poder escutar o melhor 'eu te amo' do mundo


Por ele,por ver quem ele é
e tudo o que faz por mim
até mesmo sem saber,ou sem perceber
vale a pena continuar a viver


Meu talismã tão doce,forte e frágil ao mesmo tempo
não me permite que eu me arrependa,mas aprenda
e não cometa as mesmas falhas,as mesmas decepções
me ensina a crescer e aguentar,a suportar o tranco


E se penso em desistir,em abandonar
olho ao meu lado,seu brilho ilumina dentro do meu coração
é tão profundo que irradia todo o interior congelado,travado
me ensina a recomeçar a canção


(Raquel Schuindt)





Cansa...

Cansei de tentar,de me iludir 
de fazer tudo pra melhorar e não conseguir
de pensar em estratégias para amenizar situações
de assumir o erro,a culpa,para que tudo fique em paz


É sempre assim,dia após dia
Pouco importa quem é você ou até mesmo o que sente
pisotear sentimentos alheios tornou-se algo de praxe
e a verdade é essa,embora repetitiva é o que acontece


Cansa até falar dessa mesmice asquerosa
embrulha meu estômago,me corrói por dentro
nunca imaginei me deparar com humanos tão desumanos
nunca pensei sentir o que sinto,tamanha crueldade...


Cansa até pensar numa saída
cansa acreditar que um dia isso muda
nossa,como cansa!Cansa na alma
cansa no coração,cansa até no esforço de sorrir


Cansa escutar aquela velha história
de que um dia isso acaba,ainda riremos disso
Francamente?Alguém seria louco para praticar tal atitude?
Perco-me no cansaço de pensar até mesmo nesse ato louco


Quem riria de lágrimas,de dores?
Quem riria de frustrações? De desprezos?
Quem riria de solidão? De desertos?
Cansa mesmo...cansa saber que existem pessoas assim


(Raquel Schuindt)







4

2° Selinho do Monólogo

E o monólogo ganha seu segundo selinho!!Iupiii!E mais uma vez,quem nos prestigiou foi a Rebeca mãe do Gui , minha 'asmiga' Bennettense.


E junto com o selinho vem um questionário muuuito parecido com aquele cadernos de perguntas da nossa adolescência.


1.Se me dou bem com a minha sogra?hahaha...Não tenho sogra...rs Pelo menos não ainda! ;)


2.Qual o seu desafio? Ter minha total independência financeira...


3.O que diria a seu chefe se ganhasse na Loteria? Sempre falo que,quando ganhar na loteria,só encontrarão um bilhetinho meu em algum canto da minha casa escrito: 'FUI!' hahaha e é exatamente isso que deixaria para ele...


4.Que farias se descobrisses que alguém te está mentindo?Acho que isso já deve ter acontecido com todo mundo né?!?É uma coisa chata,muitas vezes triste,dependendo da pessoa,mas isso faz com que você conheça bem o caráter de alguém.


5.Se tua casa sofre um incêndio e apenas podes salvar uma única coisa, que salvarias?Porquê? Tendo certeza que a minha família está lá embaixo já me esperando...Eu salvaria... caraca!Que pergunta difícil,ultimamente não estou apegada a nada material...Salvaria o álbum de fotos do Dani...ou o boneco preferido dele.


6.Entras num local com muita gente, que fazes?Empurro todo mundo até conseguir sair dele...detesto lugares abarrotados de gente.


7.Vês um recipiente meio cheio ou meio vazio?Porquê? hahaha...Tenho uma camisa com um copo escrito meio cheio(da Oz),claro que devemos sempre olhar o lado positivo, embora nem sempre isso aconteça comigo,mas faço o possível para que aconteça...rs


8.Encontras uma lamparina mágica. Que três desejos pedes?Pra ir morar do outro lado do mundo com meu Danico,muita saúde e felicidade.


9.O que te levou a criar um blog?Não ia mesmo criar um blog,mas a minha amiga Rebeca começou a falar: 'faz um blog Raquel,é tão legal' e ai eu fiz,mas não falei com ninguém,fiquei escrevendo as poesias aqui...em silêncio,até que mostrei pra um e pra outra,para ter a opinião e tal e depois comecei a publicar tudo mesmo...rs


10.Se fosses um dinossauro, como te chamarias?  As lova as niente....ahahaha (piada interna)


11.Você mudaria algo no seu passado? Com toda a certeza!Não só 'algo',mas 'algos e alguns'


12.Qual é o teu sonho? Prefiro esperar ele se realizar,ai eu conto! ;)


13.O que de mais vergonhoso fizeste?hahaha...Meu passado me condena...rs Algumas amigas sabem...rs Tipo Alê,Fernanda e até mesmo a Rebeca...graças a Deus passou!


14.Se fosses um animal, qual serias?Águia,ultimamente então...ela busca força da onde não tem pra viver mais anos...é isso que tenho feito.


15.O que nunca farias por dinheiro?Playboy


16.O quê ou quem é capaz de tirar-te do sério?Uns miojinhos por aí...


17.O que fizeste em tua vida de que tenhas tanto orgulho?Ahhhhh!O Daniel é claro!Tem criança mais alegre? Meu maior presente de Deus,minha alegria,nossa...sem palavras!Mudei muito depois que ele chegou e sou muito feliz por isso!


18.Como gostarias de te enamorar?Tô fechada pra balanço por tempo indeterminado. ;)


19.Com que personagem, famoso ou não famoso, gostarias de parecer-te?Tenho o humor da docinho...rs Acho que é isso mesmo...


20.O que prezas mais na vida?Caráter,confiança,respeito...


21.O que significa PAZ para você?É o que eu tenho tentado encontrar...


22.O que é AMOR para você?É algo muito forte!O amor de mãe então,é o maior dos amores que existe!

23.Se pudesse mudar alguma coisa no mundo o que mudaria?A fome,acho que todos os problemas começam daí...(eu acho)

24.Qual seria tua opção para outra atividade profissional que não fosse a tua?Não faço a menor idéia, demorei tanto pra me decidir...rs

25.Qual a sua melhor lembrança?Todas as fases do Dani de 1 ano em diante...os meus amigos liindos e nossos passeios nas férias...todos os momentos que vivi com a minha avó...sei lá,são tantas emoções!

26.Se fosse só fechar os olhos e imaginar, onde gostaria de estar agora, quando abrisse? Com toda a certeza, bem longe daqui.

27.Onde, como e fazendo o quê você imagina sua vida daqui a 10 anos? Na minha casa,com meu Danico lindo,bem sucedida e feliz!

28.Se pudesse escolher alguma personalidade famosa para conhecer pessoalmente, quem seria e por que? (pode ser de qualquer época, mesmo falecidos) Clarice Lispecto.Nossa!Amo praticamente tudo que ela escreveu...me identifico mesmo.

29.Qual seu maior medo? Escreva sobre ele.Que o Dani morra antes de mim,nossa,não gosto nem de pensar nisso.

30.O que você estava fazendo minutos antes de responder este questionário? 
Por incrível que pareça,estava organizando umas poesias no computador...hahaha (AMO)

31.Pergunta da Rebeca:Dê uma receita de um bom humor:
Acordar cedo e falar para o Dani:Filho,hoje nós vamos passear!E ele começar a pular,bater palma e gritar de felicidade.Levar ele para um parque,ficar olhando ele se divertir com os amigos por horas e de vez em quando vir correndo no meu colo e falar: "Mãe,eu te amo!"
Chegar em casa,cuidar dele e colocar ele pra dormir e perceber que ele tá crescendo,que ele tá feliz e que ele me faz cada dia mais feliz.Nossa...nada se compara a isso!Nada mesmo!

32.Minha pergunta:Como você se vê?(é,uma auto-análise) haha....Quem eu indicar vai ter que responder essa daí!

Indicando 7 blogs:

1-Roberta Portela com o blog 'bolsa de amores' uma mamãe de primeira viagem dividindo esse momento conosco.

2-Tatiana Leal com o blog 'Tatiana escreve' Prepare-se para ler a realidade nua e crua!Amo!!

3-Thais Fontes com o blog 'Thais Fontes' minha desenhista oficial

4-Mariana Bricio com o blog 'garotas do blog' que dá altas dicas para a mulherada!

5- Pâmela Cruz com o blog 'Revolution' eu simplesmente AMO tudo que ela escreve lá!

6- Lulu não dorme Gente!Esse blog é demais,me acabo de rir...é muito bom!

7-Luiza D'esimone com o blog 'enfim estou aqui' eu me identifico com o jeito dela escrever.


É isso pessoal!Obrigada por mais um selinho e aproveitem as indicações!


(Raquel Schuindt)

2

Pra que serve um coração?

Pra que serve um coração?
que pulsa por pulsar
que já não sabe amar
e cansou de sonhar...


Pra que serve um coração
que cansado de gente
largou o batente
não quer caminhar


Pra que serve um coração
bem avermelhado
porque anda cansado
de tanto mostrar sua cor


Pra que serve um coração?
diz você que também tem!
se eu soubesse a resposta
amenizaria a dor do meu


Pra que serve um coração
pra quem tem olhos de pedra
faca entre os lábios
e finge amar o próximo


Pra que serve um coração
que só vive guardado
está sufocado e sobrecarregado
de fortes emoções


Pra que serve um coração
quando se tem pedras que pulsam como este
e ainda assim insistem por ai que não são pedras
são sim,corações...


(Raquel Schuindt)





'Para Lisa'

E quem se abre facilmente
acaba enganando a gente
e quem berra constantemente
destrói por completo o ambiente


Não importa mais se é dia de guerra
não fazem a menor questão se já raiou o sol
estão ai soltos...
como famintos e ferozes leões que rugem sem cessar


Gritam tão alto,que ecoa dentro de nós 
e cada vez mais intenso são os gritos
nada de sussurros ou carinhos
apenas uma frieza e um desprezo sombrio


Já não existem regras
tornou-se novamente uma ditadura
e se você não obedece,desfalece por completo
e se não se sustenta,perde o equilíbrio,pisam mais ainda em você


É preciso mais que cautela e silêncio
é preciso saber guardar segredo
saber guardar as emoções,não deixar transparecer cansaço
apenas seguir a diante...


(Raquel Schuindt)



Alvo bloqueado...

Porque é assim?
A gente tenta dar o primeiro passo
mas toda vez que essa idéia surge na cabeça
é como se o filme voltasse todo pra trás


Não dá vontade de andar,muito menos de correr
o que você sente paralisa totalmente as suas ações e emoções
por mais que você tente explicar não tem como
é um bloqueio mais forte do que o seu querer


e dói viu...dói não saber explicar o que sente
uma angústia,um clamor,uma súplica
mas tudo é feito em silêncio...
não tem como expressar absolutamente nada


só o cansaço interminável,a dor inevitável
e mesmo assim,nem esses conseguem ser bem entendidos
Não é que você queira que entendam
na verdade,nem você sabe ao certo o que quer


E mais uma vez,por não saber,não decidir
se encontra de novo em companhia
ai está ela,sua fiel companheira: solidão
a mais fria e sombria amiga,aquela que não te despreza


sem o menor pudor ela surge
não quer saber se você não a chamou
ela simplesmente invade e é assim
não quer saber quem a convidou


e isso é tudo o que tem
tudo o que consegue sentir
algo sem gosto,sem som,até sem cor
algo difícil até de engolir


(Raquel Schuindt)



0

Novas inspirações...

Aviso do monólogo:Aproveitarei esse feriado para renovar minhas inspirações...buscas sentimentos novos,aflorar sensações ainda não vividas,só pensadas...

Aproveite você também esse feriado,pra tirar uns dias para se conhecer melhor,para amar as pessoas que realmente são importantes na sua vida!Esqueça os dias nublados e aproveite esses maravilhosos dias de sol que virão por aí...



BOM FERIADÃO!!!Até quarta!!!
                                                                (Raquel Schuindt)

É sol...deixa eu dançar!

O sol se abriu,meu riso surgiu
com gosto,com música e até mesmo com dança
Essa dança eu curto,essa eu me embalo
e remexo tudo que há pra quebrar


Falta um gás na vida
aquele quesito,o mais importante
a felicidade, a mais transbordante
e quem se importará com lágrimas agora?


Ah,não me leve a mal
Hoje eu  só quero dançar e sorrir
Dj não mude a música
quero que ela dure e perdure infinitamente


Tão bom saber o acorde
encontrar a melhor melodia
aquela que vai lá na alma
sem sombra,sem morte,sem dor,sem melancolia


Então deixa eu dançar
deixa eu sorrir até me cansar
e será que me canso?
Tanto tempo sem ter esse balanço...


(Raquel Schuindt)











0

É preciso...


É preciso mais coragem que o normal
mais força do que achava que tinha
Mais audácia e menos vergonha
mas além de tudo é preciso amor próprio


Para reconhecer que esse é o limite
Pra poder mostrar os pés cansados
as mãos calejadas,as cicatrizes do corpo
e o basta que arde dentro dos olhos


É preciso muito mais que compreensão ou "camaradagem"
Não é só isso que se precisa nesses tempos
É preciso muito mais...é preciso ir além
Além de vontades,ações e pensamentos


É preciso mais motivos do que vontades
mais ações do que sonhos
e nisso tudo,eu só percebo o que é preciso
por mais que queira,ainda sei que é preciso mais


É preciso um esforço tamanho em persistir
em acreditar,em saber que o que devemos é prosseguir
é preciso sonhar sim,mas quando eles não se realizam
é preciso se preocupar mais com a realidade


É preciso abrir um sorriso, derramar lágrimas
tudo tem o seu tempo correto,com precisão
É preciso esperar,aguardar aquela oportunidade
para que tudo que precisei viver até agora,não seja preciso novamente.


(Raquel Schuindt)







4

É o que dá...

Dá uma vontade de abraçar
só pra se sentir mais protegida
escutar o coração batendo aos poucos
ou quem sabe bater acelerado


Dá uma sensação de paz
de querer bem para sempre
de saber que vai estar por perto
que não importa se é dia ou noite


Dá uma alegria tão grande,mas tão grande
que tudo que está em volta fica pequeno
e por minutos que mais parecem eternidade
nada mais tem sentido além do que vivemos


Dá um frio na barriga,uma vontade de correr
de sorrir muito,sem parar,seja pra quem for
uma vontade de gritar pra todo mundo ouvir
para todo mundo sentir e entender o que é


Dá uma vontade enorme de misturar tudo isso
e ver no que vai dar
mas ao mesmo tempo que dá essa vontade
dá um medo de arriscar...


(Raquel Schuindt)






Dona moça



Ai dona moça,me deixa sentar aqui?
me deixa ficar pertinho
quem sabe você possa me ouvir
escutar o meu coração...


Ele quer falar por horas e horas
ai dona moça,me deixe desabafar
são tantas as voltas que esse mundo dá
e eu já não consigo entender onde esse enredo termina


Bom mesmo é ficar por aqui,né?
Sentada,acompanhando essa correnteza
mas de longe,sem precisar se molhar
só escutando o som calminho,calminho que ela tem


Ah dona moça quanta paz você encontra
e como consegue?Me ensina o segredo?
Já se foram os meus dias assim
e agora oque eu quero é ficar aqui


Como você,dona moça...
que paira no ar,sente a brisa tocar
sente o aquecer do sol no coração
ah dona moça,me ensina a canção?


(Raquel Schuindt)









3

A ausência mais presente



Não dá pra ter inspiração nessas circunstâncias
perde-se o brilho do dia,as cores
e até mesmo o perfume das flores
e ninguém sabe ao certo o porque

Mas o que cabia aqui dentro do peito
foi arrancado repentinamente
e ninguém,ninguém foi capaz de perceber
como podem observar alguém e não captar a ausência da vida?

Sem brilho,sem cor,sem riso
alguém que pulava e cantava
alguém que sabia exatamente desfrutar do tal brilho
e agora carrega cinzas dentro da alma

Não por um fato da vida
mas pela ausência dos fatos
e ausência tem sido tudo de mais presente que há aqui
e como dói compartilhar dessa companhia

Tão fria,azeda
em alguns momentos causa até calafrios
e gruda de uma forma,que todo esforço em soltá-la é em vão
e por onde anda a vida?

Embora as perguntas sejam frequentes 
as respostas são totalmente ausentes
e por mais que eu tente,pense que isso acabou
não...ainda não consegui me encontrar

(Raquel Schuindt)





Cuidado...

Nem tudo o que penso consigo falar
nem tudo que sinto conseguem notar
eu sou mais do que essas palavras
isso aqui é apenas a metade do que vem no meu coração


e nem sempre o que exponho é real
a maioria é transmitida pelos meus sonhos
sonhos esses que por muitos anos foram guardados aqui,dentro de mim
e porque insistem tanto em julgar aquilo que penso?


O tamanho da dor e da felicidade de cada um
é exatamente de cada um,
ninguém tem o direito te tentar viver aquilo que não sabe
muito menos de deduzir algo que não acredita


por tanto,respeite mais os sentimentos humanos
e não saia por ai ferindo uns e outros com suas deduções
vale mais a pena pensar,antes de falar
e o que não vale a pena,guarde pra você


(Raquel Schuindt)

2

Suspiros...

Faz dengo e tem charme no olhar
aquele sorriso é capaz de iluminar tudo que está por perto
e quando se aproxima ,consegue sondar o que diz meu coração
de um jeito inexplicável e eu me rendo sem perceber

Pareço boba, infantil talvez
Mas perco a noção das atitudes
Fico tensa,sem graça,totalmente sem jeito
com medo, vergonha,vai muito além da timidez

E os mistérios que tem,esses me fascinam!
Aumentam a vontade de querer estar ali, juntinho
E enquanto todos zombam do seu jeito de ser...
eu só suspiro!

O tempo vai passando e eu nem percebo
o que domina minha atenção são seus olhos
e todo aquele brilho no olhar
ah, como é bom admirar tudo isso!

Mesmo que seja ali, no meu cantinho
em silêncio, em secreto
por mais que o meu coração esteja gritando
minha razão o sufoca, para que ninguém perceba

E assim passo despercebida
e tudo o que eu sinto fica aqui dentro,trancado
Não permito que venha á tona
Prefiro manter sufocado

(Raquel Schuindt)
2

Sabe?!?

Sabe quando você quer falar
Mas fica preso meio que um nó na garganta?
Sabe quando você se entrega com o próprio olhar
E a pessoa faz de conta que nem percebe?

E mesmo assim você continua suspirando
Continua sonhando e sei lá...imaginando!
Sabe quando tudo acontece e você não consegue explicar
E ao mesmo tempo,procura um jeito de tirar essa idéia da cabeça?

Mas quem disse que é lá que ela se encontra?
E onde ela está afinal?
Parece que já tomou conta do meu corpo e pensamentos
Como um vírus que se espalha rapidamente

E nessa hora,quem é que sabe o que vai acontecer?
Quem tem a coragem e a audácia de mandar isso partir?
E mesmo que tenha,eu nunca vi um sentimento desses obedecer certas razões
Ou até mesmo certas 'donas da verdade'

E ai?quem sabe o que eu faço agora?
Dá muita vontade de abrir o coração
Mas da forma mais pura que eu consigo fazer
E quem disse que a coragem deixa?

Quem sabe o que eu sinto?quem consegue me entender?
E pior que isso,quem sabe se isso passa?
A verdade é que por mim,pelo impulso,pelo sentimento eu faria tudo agora
Mas não dá,não sei porque,não dá pra explicar,sabe?!?

(Raquel Schuindt)
3

Ferocidade materna



Um sentimento novo
e lindo e puro
sim foi tudo isso que eu descobri
além de tudo eu renasci


Mais que mulher agora eu sou
se não sabia o que era ser forte
hoje sei mais do que nunca
tenho a força do amor em mim


e me retrato em sonhos e atitudes que vivo,
que sinto,pois sei que sou amada
mais do que saber é sentir
e muito melhor do que sentir e ser é ter!


Tenho o amor em mim
de todas as formas gêneros e tudo mais que me é permitido aqui
dentro do meu universo,hoje não mais particular
pois o que carrego entre os braços me faz ser ainda mais feroz


aquele que eu posso aconchegar em meus seios
aquieta e acalma o meu coração
traz o tão sonhado refrigério que outrora pedia ao Criador
e que divina criação Ele me deu


meu leãozinho,que enquanto não fala meu nome, ruge!
Ruge com toda a força e antes mesmo dele começar
sim,eu posso sentir!
pois aprendi a estar sensível ao amor


e que belo amor eu encontrei
que sonhos tenho compartilhado
antes apenas com a caneta e a folha na mão
sem alguma sombra de inspiração


Nasce em mim toda a ilustração
com as mais belas cores e formas que um dia pensei em desenhar
e o melhor de tudo é poder saber que é agora
que a história vai começar...


(Raquel Schuindt - uma homenagem para Roberta e Vinícius)



0

Menino,menino...


                                                                              Ilustração Thais Fontes


Cansado menino?Por onde tem andado?
Diga-me qual o caminho triste 
Me afastarei dessa trilha pesada
Tão longa e dura que vejo o cansaço em teus ombros

Fardos tão pesados tem carregado menino
e aquele brilho tão lindo que víamos no seu olhar?
E aquela energia de correr,pular,brincar
Pra onde foi tudo isso menino?

Vem aqui,chega mais
eu quero poder te abraçar
Não se assuste,não se preocupe
Nem tudo dura pra sempre

Momentos difíceis menino,todos nós temos
e quando eles forem embora
você volta a sorrir
volta também a brincar,a pular por aí...

Ah,meu doce menino!
Tão meigo,forte e amigo
Como podes ter ficado desse jeito
Quem é o culpado afinal?

Pare um minuto menino
escute o que o vento tem a dizer
tão sereno,tão calmo,tão pacífico
ele só quer dançar com você

Então não se acanhe menino
Se embale nessa 'calmaria'
Esquece esse medo menino
E por um instante,sorria!


(Raquel Schuindt)



Monólogo faz bem!!

Monólogo faz bem!!
Não esconda suas palavras...
Back to Top