0

Sorriso





Sorriso,vontade de querer fazer o bem
abraços,como esses ninguém tem
e quando a chuva ameaça voltar
esqueço tudo,me perco no brilho daquele olhar


Que ilumina e clareia como a manhã
e se já é tarde,noite ou dia...nem sei!
só sei que parei no tempo
esqueço-me de todo aborrecimento


Agora o que acalma é o coração
renovam-se as felizes lembranças
e no fundo,bem no fundo,isso tem feito toda a diferença
tem trazido paz e uma segurança que só faz sorrir


E daí em diante o que acontecer,o que aparecer
passa a se tornar detalhe no meio de tudo
passa a fazer sentido,passa a se tornar de certo modo duvidoso
mas no final,é daquele sorriso que eu preciso


(Raquel Schuindt)









0 comentários:

Postar um comentário

Monólogo faz bem!!

Monólogo faz bem!!
Não esconda suas palavras...
Back to Top