'Para Lisa'

E quem se abre facilmente
acaba enganando a gente
e quem berra constantemente
destrói por completo o ambiente


Não importa mais se é dia de guerra
não fazem a menor questão se já raiou o sol
estão ai soltos...
como famintos e ferozes leões que rugem sem cessar


Gritam tão alto,que ecoa dentro de nós 
e cada vez mais intenso são os gritos
nada de sussurros ou carinhos
apenas uma frieza e um desprezo sombrio


Já não existem regras
tornou-se novamente uma ditadura
e se você não obedece,desfalece por completo
e se não se sustenta,perde o equilíbrio,pisam mais ainda em você


É preciso mais que cautela e silêncio
é preciso saber guardar segredo
saber guardar as emoções,não deixar transparecer cansaço
apenas seguir a diante...


(Raquel Schuindt)



1 comentários:

Roberta Portela disse...

Amiga, está demais nas poesias. Uma melhor do que a outra! Amo!

Postar um comentário

Monólogo faz bem!!

Monólogo faz bem!!
Não esconda suas palavras...
Back to Top