Eu mesma...

Eu fui eu mesma,
o tempo todo
Em cada instante
em cada sorriso

Em cada choro
em cada grito,
cada gargalhada
cada lágrima

Cada olhar
cada afago
cada abraço
cada carinho

em cada minuto,
eu fui eu mesma
sem medo,
sem dó nem piedade

Sem guardar segredo
com muita autenticidade
eu fui eu mesma
o tempo todo
e continuo sendo

Não adianta,é o meu jeito
Fingir,atuar,iludir,enganar
Não!Eu não sou assim!

Eu sou eu mesma
forte e frágil
alegre e triste
constante e instável

Alguém disposta a crescer
e vencer,mas lutando
com armas limpas 
e é assim que eu vou vivendo
e sendo,apenas eu mesma...


(Raquel Schuindt)

1 comentários:

Beca Bricio - Mulher que pariu disse...

Quel, uma frase que tem tudo a ver com vc...

"...eu prefiro ser essa metamorfose ambulante..."
é bom mudar, que bom que conseguimos sair de um triste hoje para um feliz amanhã!!!

um grande beijo da outra metamorfose ambulante aqui!

Postar um comentário

Monólogo faz bem!!

Monólogo faz bem!!
Não esconda suas palavras...
Back to Top