0

Faz de conta

Meus olhos,
entregam aquilo que o coração tenta esconder
minhas mãos suam frio
desmentem quando digo não querer ter você


Meu sorriso,meio trêmulo,
se abre por completo quando te vê
dá um frio na barriga,
volto a ser aquela antiga adolescente


E quando te vejo,reflito...admiro!
entro em transe,me afogo no brilho dos seus olhos
é preciso que me acordem,me despertem desse sonho
e eu não quero,prefiro continuar como estou


E como estou?A sonhar!
sim,nada aqui é real,eu sei
mas prefiro assim,fica melhor pra seguir em frente
fica menos doloroso,é mais fácil pra sorrir


E por mais que eu pense que é faz de conta
na verdade é assim que acontece
mas prefiro fechar este livro
confesso ter medo de ler essa história


(Raquel Schuindt)

0 comentários:

Postar um comentário

Monólogo faz bem!!

Monólogo faz bem!!
Não esconda suas palavras...
Back to Top