0

O sabor da fórmula...

Não me peça fórmula para que se explique as minhas emoções
infelizmente eu nunca as encontrarei
Não me pergunte de onde vem tanta intensidade em tudo que penso,que vivo,que sinto
Nem eu mesma saberia dizer


Mas me deixe seguir como sou
me permita invadir o meu eu a cada dia assim,autêntica e sincera
intensa e simples,porém sempre,sempre mantendo a minha essência
pois de tudo que não entendo,que não sinto,que não vejo,sei que no fundo existe algo que reconheço


E isso faz-me ser apenas como sou
simples,fácil,difícil,impossível,inatingível
na verdade eu nunca escolhi ser e sentir certas coisas
elas apenas acontecem dentro de mim e fluem...


Fluem algumas vezes sem pensar,outras sem perceber
mas elas sempre vão surgindo,elas sempre crescem
mesmo que eu não as alimente,elas aparecem
e no final,quando já não se sabe como,elas colhem os frutos


Se são grandes ou pequenos,não me importam
se são pesados ou leves,não fazem diferença alguma
se tem forma que me agrade ou não,sinceramente,nunca liguei para isso
mas se são doces ou amargos...ai só quem provou é que sabe


(Raquel Schuindt)



0 comentários:

Postar um comentário

Monólogo faz bem!!

Monólogo faz bem!!
Não esconda suas palavras...
Back to Top