0

Então,é assim...





Sabe quando você vive a procura de algo e não encontra?
Quando revira todos os lugares,age de todas as formas e nada?
E mesmo assim algo dentro de você grita para não desistir?
Mas você por si só abriria mão de tudo e até de todos?


Quando você olha para o alto,mas na verdade procura ar puro?
Quando todos falam ao seu redor,mas ao mesmo tempo você não ouve nada?
Sabe quanto tudo fica silencioso demais e você quer gritar?
Pra ver se alguém acorda,repara,se situa no que acontece?


Sabe quando você escuta "ah,isso é normal",mas pra você não tem nada de normal ali?
E mesmo assim você engole suas palavras,seus pensamentos por se cansar de tentar?
Sabe quando você tenta muito e nada dá certo?
E além de nada dar certo,ninguém enxerga o quanto você tentou?


Sabe quando você sente uma indignação e não se conforma com certas coisas?
Como se fosse meio injusto ou incorreto,o modo de pensar alheio...
Sabe quando tudo o que você queria era dormir pra sempre?
Só pra não acordar e ter que lidar com as decepções?


Sabe quando você daria tudo por um abraço,mas só ganha desprezo?
Quando você vai cheia de expectativa falar algo pra alguém e é ignorado?
Será que o outro sabe o quanto isso fere,o quanto machuca mesmo?
Será que o outro sabe o lixo que você se sente quando age assim?


Sabe quando só aquela música,aquela pessoa,aquela comida serve?
Só aquele abraço tem o poder de te desmontar?
Sabe quando você precisa ouvir algo,mas só escuta o silêncio?
Sabe quando você não quer pensar em nada e pensa em tudo?


Então,é assim...


(Raquel Schuindt)



0 comentários:

Postar um comentário

Monólogo faz bem!!

Monólogo faz bem!!
Não esconda suas palavras...
Back to Top