É sol...deixa eu dançar!

O sol se abriu,meu riso surgiu
com gosto,com música e até mesmo com dança
Essa dança eu curto,essa eu me embalo
e remexo tudo que há pra quebrar


Falta um gás na vida
aquele quesito,o mais importante
a felicidade, a mais transbordante
e quem se importará com lágrimas agora?


Ah,não me leve a mal
Hoje eu  só quero dançar e sorrir
Dj não mude a música
quero que ela dure e perdure infinitamente


Tão bom saber o acorde
encontrar a melhor melodia
aquela que vai lá na alma
sem sombra,sem morte,sem dor,sem melancolia


Então deixa eu dançar
deixa eu sorrir até me cansar
e será que me canso?
Tanto tempo sem ter esse balanço...


(Raquel Schuindt)











1 comentários:

neila disse...

Gostei da última estrofe!

Postar um comentário

Monólogo faz bem!!

Monólogo faz bem!!
Não esconda suas palavras...
Back to Top