0

Sobre asas...


Sabe quando você quer voar e não deixam?
Seguram suas asas, arrancam suas penas
Cortam em você aquilo que faz você alcançar as alturas?
Sem nem saber exatamente por que
 
Porque pessoas insistem em inibir um belo vôo alheio?
A sensação de liberdade no céu, de alcançar o novo e belo deve ser indescritível
Infelizmente fica difícil descrever, pois no momento arrancaram minhas asas
Travaram novamente dentro de mim o maior voo que eu poderia dar
 
E eu sei que quando minhas asas se abrirem,ninguém vai poder me alcançar
Tamanha será minha felicidade e conquista
Eu sei que será um belo voo,eu sei!
Mas agora,encontro-me ferida,arrancaram parte de mim
 
Por mais que eu tente voar,ainda não é o tempo
Demora um pouco para que as asas cresçam novamente
É preciso paciência e cuidado,para que não descubram que ela voltará a crescer
Mas eu sei que ela vai voltar...
 
Enquanto isso faço-me um segredo
Guardo todos os destinos dos voos que sei que alcançarei aqui,dentro de mim
Não traço rota,não faço planos,aguardo...
Aguardo em silêncio,espero o novo amanhecer.

(Raquel Schuindt)

0 comentários:

Postar um comentário

Monólogo faz bem!!

Monólogo faz bem!!
Não esconda suas palavras...
Back to Top